Lugar de Pensar

Se você é um ser que somente consegue ler 140 caracteres... fuja daqui rapidamente.
Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome. Clarice Linspector
“Não somos seres humanos vivendo uma experiência espiritual, somos seres espirituais vivendo uma experiência humana.” Teilhard de Chardin
A solidão não existe! Tenho um mundo inteiro dentro de mim.
Seja bem-vindo.

26.11.10

O intrépido século XXI - Nos tempos do Cólera

Mortos por epidemia de cólera ultrapassam 1.500 no Haiti

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS



O número de mortos pelo surto de cólera que atinge o Haiti chegou a 1.523, segundo novo balanço das autoridades do país. Detectada em outubro, a doença, de prevenção simples, continua se espalhando progressivamente pelo país mais pobre do hemisfério Ocidental. Segundo o novo balanço, 66.593 pessoas foram atendidas em centros médicos com sintomas do cólera. Destas, 27.933 foram hospitalizadas.
O Departamento de Artibonite (norte), onde o surto começou, é o local mais atingido, com 723 mortos e 14 mil hospitalizados. Outras 140 pessoas morreram e cerca de 3.000 são hospitalizadas na capital Porto Príncipe, onde muitos ainda estão em acampamentos para desabrigados após o devastador terremoto de 12 de janeiro --que deixou mais de 250 mil mortos e 1,3 milhão de desabrigados.
A subsecretária-geral da ONU (Organização das Nações Unidas) para assuntos humanitários, Valerie Amos, que visitou o Haiti nesta semana, apelou nesta quarta-feira para intensificar a atuação contra a cólera e disse que a doença mortal não atingiu o seu pico.
Valerie Amos lembrou os cálculos da Organização Panamericana de Saúde (OPAS), que estima cerca de 400 mil casos de cólera durante os próximos 12 meses, e a "natureza explosiva da epidemia".
Ela recomendou uma maior prevenção da cólera em todo o país, bem como a construção de mais centros para o tratamento da doença e aumentar o número de trabalhadores de saúde no terreno para apoiar o trabalho a ser feito.
A ONU anunciou este mês que pediu US$ 164 milhões à comunidade internacional para combater a cólera no Haiti, que se espalhou para a vizinha República Dominicana --onde quatro pessoas foram contaminadas.

Nenhum comentário: